Canyon Itaimbezinho

Canyon Itaimbezinho

    Localizado a apenas 18km do Centro da cidade de Cambará do Sul o Canyon Itaimbezinho é considerado o mais famoso canyon do Brasil pois além da profundidade que chega aos 900m, as suas paredes são muito próximas, dando aquela impressão que com um bom embalo, seria possível atravessar num pulo (por favor, não faça isso!). 


    Desta vez utilizei meu drone para capturar imagens por ângulos especiais salientando ainda mais o poder deste grande espetáculo da natureza. O canyon conta com duas trilhas para que você possa conferir toda a sua extensão que é em formato de “L”.

 

    Trilha do Vértice: Trilha curta com início logo na entrada do Parque ao passar pela sede onde se pode aprender um pouco mais sobre a história deste canyon e também amostras da fauna, flora e geologia encontradas no Parque Nacional Aparados da Serra.


    A trilha tem aproximadamente 1.3km (total ida e volta) e nela é possível passar bem pertinho do vértice que da início ao Itaimbezinho e mais do que isso, nos mirantes você terá a visão das cachoeiras  Véu de Noiva e das Andorinhas.

    Acesso através de passarelas e trilhas bem marcadas, sem grandes desníveis.

 

    Trilha do Cotovelo: Esta trilha é mais longa, cada trajeto tem aproximadamente 3km e passa por diversos riachos que desembocam no canyon. O final da trilha é quando se chega ao cotovelo que basicamente dobra a rachadura do canyon em 90º a esquerda, estendendo a visão sentido Serra – Litoral. Visual incrível e com a possibilidade de enxergar desde o rio do Boi que passa lá embaixo, até os paredões que escalam o terreno chegando bem pertinho do céu.

    Acesso através de estrada de terra sem fluxo, bem sinalizada e sem desníveis.

 

    Depois de percorrer as duas trilhas, com certeza aquela dúvida de como tudo isto é possível, vai ficar martelando na sua cabeça. Então vamos lá! Os canyons são provenientes de uma explosão subterrânea gigantesca que aconteceu a mais de 130 milhões de anos, que gerou um derrame de lavas de basalto presenteando-nos com essa nova crosta no relevo gaúcho e catarinense.


    Tempo depois esta recente camada rachou formando todos os canyons pertencentes aos Parques Serra Geral e Aparados da Serra. E o nome Aparados veio justo pelas bordas afiadas que surgiram com a rachadura, parecendo como se estivessem sido aparadas com uma faca. Logo após veio a vegetação densa e a maravilhosa floresta de Araucárias.

 

    E o que você deve levar para visitar o Itaimbezinho???

 

·      Calça para trekking, preferencialmente as que viram bermuda, devido a forte insolação no local

·      Camiseta sintética respirável com proteção solar

·      Jaqueta quebra vento

·      Jaqueta de fleece

·      Calçado apropriado para trekking, preferencialmente botas

·      Boné ou chapéu

·      Mochila de ataque média 25Lts

·      Óculos de Sol

·      Garrafa de água

·      Lanche leve

·      Protetor Solar

·      Bastões de caminhada (opcional)

·      Máquina fotográfica

·      Saco para coletar lixo

 

    E tratando sobre a melhor época para visitar o Itaimbezinho, basicamente qualquer época pode ser a melhor, porém nesta região se encontra muito o clima da “viração” que de uma hora para outra, o céu limpo é escondido por uma neblina forte e intensa que surge de baixo pra cima, vindo lá do interior do canyon, impossibilitando a visão, às vezes até menos de 2 metros de distância.


    Este fenômeno costuma acontecer com mais frequência no verão, portanto, os meses de inverno são os mais escolhido para a visitação. O bacana de ir no inverno é que além de tudo, o clima frio e o vento que corre livre pelas coxilhas vão fazer desta experiência algo ainda mais rico, sendo um bom pretexto para terminar o dia tomando chimarrão com o pessoal local e comendo pinhão ao redor do fogão campeiro.

 

    Para quem vem de Porto Alegre a distância é de 209km pela RS-239 até a cidade de Taquara e depois seguindo pela RS-020 até Cambará. Já para quem vem de Florianópolis o acesso se dá pela BR-101 até chegar em Terra de Areia (RS) onde se deve pegar a Rota do Sol sentido serra até encontrar a RS-020 para chegar em Cambará. A distância total é de 407km que podem ser encurtados caso você tenha um carro 4x4 alto e não se importe com estradas acidentadas, subindo a Serra do Faxinal que começa em Praia Grande (SC) e passa pela frente da entrada do Itaimbezinho.

 

    Confira aqui o vídeo produzido com as imagens do canyon Itambezinho:



  Dúvidas e informações sobre esta e outras aventuras, por favor, entre em contato via fone (54) 3295 1678 ou e-mail murilo@gauderioadventure.com.br

Ofertas especiais para assinantes

Inscreva-se e se mantenha atualizado.