Como Montar a Mochila Cargueira para Expedições

Como Montar a Mochila Cargueira para Expedições

E agora... Comprei tudo, separei os equipos, comida e roupas e tenho que guardar Porto Alegre dentro de Gramado!!!

Não se preocupe, com o ABC da mochila cargueira, tudo ficará mais fácil e eficiente!


Considerando uma mochila cargueira de no mínimo 50 litros reais, você possivelmente conseguirá guardar tudo dentro dela.

Antes de começar essa fase que para muitos pode ser apavorante, vamos atentar ao ABC da mochila bem montada. A diferença visual entre um bom expedicionário pode ser notada na maneira em que ele monta sua mochila.

Além disso, essa regra vai permitir maior eficiência em todas as situações encontradas em campo.

A – Acesso

B – Balanço

C – Compactabilidade

D – Dry (seco)

E - Externo

F – Fuel (combustível)

 

Acesso: Você deve ter em mente tudo o que precisará ter acesso rápido, como o kit de primeiros socorros, jaqueta impermeável, agasalho, lanterna de cabeça, bússola, mapa, lanche e o que mais pensar que for necessário. Materiais como o saco de dormir, roupa extra, comida para os próximos dias e outros, poderão ficar em uma região que não tenha fácil acesso, ou seja, mais para dentro da mochila.

Sobre o D – Dry, logo será citado, porém para ajudar na compreensão, tudo que não pode molhar deve ficar à prova de água. Utilize um grande e reforçado saco de lixo do tamanho da mochila ou ainda melhor um saco estanque de em média 65 litros para por dentro do bolso principal da mochila. Aqui ficarão todos os itens que não podem molhar.



Balanço: Este tópico merece dedicação total. Se você vai portar duas garrafas de água, distribua uma para cada lado, por exemplo. A mochila não pode pender para nenhum lado, pois isso afetará sua trajetória, equilíbrio e desempenho. Um bom teste para saber se a sua mochila está bem montada, é ao final de tudo, por ela no chão em uma superfície plana e ela deve ficar em pé sozinha.

Saco de dormir e roupas extras deverão ocupar o fundo da mochila, pois são leves e fáceis de moldar. Logo acima, na parte do costado deve ir o mais pesado, como a alimentação.

Oposto ao costado, é o local onde você pode guardar o fogareiro, panelas e outros utensílios mais leves.

O quarto da barraca poderá ocupar parte do fundo e também do meio da mochila, sendo “socado” entre os pequenos espaços deixados entre um equipamento e outro.

Por cima disso tudo, acomode os itens de acesso rápido como os já citados.

Nos bolsos do capuz/cérebro da mochila, guarde seus eletrônicos, documentos e outros itens pequenos devidamente protegidos da água.

Para ajudar a pensar na distribuição dos itens, abaixo a imagem com uma mochila e as suas zonas de carga.


Compactabilidade: Aqui está o segredo de conseguir guardar tudo dentro da mochila. Comece a pensar um pouco fora do padrão, aproveite para arriscar e sair do tradicional e não fazer o que vimos alguém fazer sem saber o motivo e resultado. A barraca deve ser retirada de sua embalagem original, então após isso, o quarto vai socado entre os itens dispostos por primeiro na mochila, mais ao fundo. Repare que aqui, estamos acomodando tudo dentro do saco estanque grande.

O saco de dormir também deve ficar fora da embalagem. Roupas como meias, cuecas e calcinhas podem ocupar espaços ocos entre os cantos e meios.

Aproveite a panela para guardar o prato, copo e talheres. Os alimentos, tenha certeza de que está levando o necessário.

As varetas da barraca podem ir entre o saco estanque e o costado da mochila.



Dry: Com tudo devidamente empacotado dentro da mochila e dentro do saco estanque, você já pode ficar mais tranquilo. Por fora dele, pode ir o teto da barraca, a jaqueta impermeável, o fogareiro, as garrafas de água e tudo aquilo que não tem problemas caso fique molhado. Da mesma maneira que socou o quarto da barraca entre seus equipamentos dentro do saco estanque, guarde o teto da barraca entre a parede interna da mochila e a parede externa do saco estanque. Por fim, acima de tudo deixe a jaqueta impermeável. Isso tudo vai ajudar no balanço e também na compactabilidade. Experimente uma vez e se não der certo, faça de novo aceitando isso como parte do seu primeiro desafio ao ar livre.


Externo: Nada para fora da mochila exceto as garrafas de água nos bolsos próprios. Caso necessário, utilize a melhor maneira de distribuição e anatomia da mochila, ou seja, não pendure itens mais largos ou mais altos que a mochila, pois afetará diretamente no seu senso de espaço. O que for por fora da mochila deverá ficar devidamente amarrado e seguro para não haver perdas. Se estiver em expedição com maior número de pessoa, divida o grupo de maneira que a pessoa que tiver itens para fora da mochila vá na frente, pois caso perca algo, os próximos a vir, poderão encontras. Lembrando que está prática de itens por fora deve ser abolida o mais breve possível de acordo com o aumento da sua técnica e também de equipamentos eficientes mais leves e compactos.

Adquira mini mosquetões, esses que se usa para chaveiro e o que for ficar por fora da mochila conecte em alguma fita utilizando esse chaveirinhos.


Fuel: Tópico se refere aos combustíveis. Como aqui tratamos de fogareiros de expedição que são os movidos a combustíveis líquidos como gasolina e benzina. Estes reservatórios não devem ficar perto da comida e preferencialmente, devem ser levados nos bolsos externos laterais da mochila como os que garrafa de água. Caso seja necessário levar dentro da mochila, este é mais um item que deve ficar por fora do saco estanque. Antes de guardar as garrafas de combustível, certifique-se de que elas não possuem nenhum vazamento. O mesmo serve para os botijões de gásAproveite este tópico para lembrar de adquirir borrachas/orings extras para vedação das garrafas e outros equipamentos que utilizem deste sistema e junte ao seu kit de reparo. Essas pequenas peças são facilmente perdidas e de difícil localização após a perda.


Confira a nossa linha de mochilas:

http://gauderioadventure.com.br/index.php?route=product/category&path=40


A Gaudério Adventure conta com um ponto da Deuter Fit Center. Aqui você encontra todas as dicas para adquirir a mochila ideal para a sua aventura. Além disso, temos uma mochila para Test Drive e lhe emprestamos para testes de até 03 dias! Por fim, contamos com pesos e volumes para fazer a regulagem perfeita da mochila no seu corpo.

Venha tomar um chimarrão e trocar uma ideia sobre a sua próxima aventura, quem sabe, podemos ir juntos nessa!!!

Abraço

Murilo Basei


Fotos: Rivo Biehl


Ofertas especiais para assinantes

Inscreva-se e se mantenha atualizado.